Excerpt for Poesia ao pé do ouvido 2017 by , available in its entirety at Smashwords

POESIA AO PÉ DO OUVIDO - 2017



CHAMAS DA GUERRA



A chama em breve será lançada.

Destruição da guerra, destruição inevitável.

O som da batalha ressoa,

A crueldade do conflito envolve todos.



Venha, chama carmesim, o inferno implacável.

Vareja completamente,

Aproxime a grande guerra.























Gabriel Bueno nº 37

Gabriel Gregório nº 39

Natan Monteiro nº 44

Vitor Martins nº 49


CRUEL E FRIA


A morte é infalível, o arrependimento é escondido

As perdas são desnecessárias.

A morte é intensa, complicada e, muitas vezes, fria e cruel

Leva nossos enteados mais próximos.


Deixando-nos sozinhos e feridos no chão com

Lagrimas e tristezas

A morte é inexplicável, cruel, escondida, fria.

Quando menos se espera, ela passa e nos leva.


Para baixo da terra a sete palmas juntos com

Alguns insetos imundos que comem

Nossos restos, a morte é imbatível,

Negro que cobre nossos nos deixa


No escuro, quando menos esperamos.

Respiração para, nosso peito já não sabe mais

Nossas mãos geladas, nossos olhos se fecham, boca fria

Branca como papel


Quando percebemos nossos sentimentos

Se foram, junto com os nossos sentimentos

E sobra apenas uma pele, polido, fria, sem cor

Apenas uma carcaça que não serve para nada.






Bruno Rodrigues nº 32

Talita Figueiredo nº 47

Julia Ruiz nº 43



LAÇOS SENTIMENTAIS


Algumas pessoas pensam que estão sempre certas

Outras são quietas e nervosas,

Outras parecem tão bem,

Outras se isolam para esquecer,

Enquanto outras se aproximam para sofrer.


Algumas falam para machucar,

Outras se calam para não magoar.


Embora sejam tão diferentes,

Todas têm algo em comum,

Não têm certeza de quem são

Ou do que realmente querem ser.















Beatriz Bueno n°01

Joyce Gama Rosa n°14

Geovanni n°09

Rafael Oliveira da Fonseca n°20

Stephanie Rodrigues n°23



NOITE DE HALLOWEEN



Em uma noite muito assustadora

Em uma casa muito escura

Existia uma família grande e avassaladora

A mãe era toda meiga, já a irmã toda bruta

Ninguém conseguia entender essa família

Até em que um dia de halloween

A família resolve sair para assustar

Vestidas de monstros e máscaras distintas

Quando o bairro fica todo vazio

A família resolve sair para assustar

E quando tem a primeira oportunidade

Eles viram e gritam “doces e travessuras”

Tudo não passava de uma brincadeira

Todos começaram a rir e se divertir

Foram para suas casas

E todos ficaram felizes



















Gabriel Barreto N°06


O AMOR CURA TUDO


Como um pobre sonhador

Vivia a sonhar eternamente

Que um dia de repente

Eu deixasse de sentir dor.


Foi quando esse amor

Fez-se em mim presente

Com a sua chama ardente

Que me trouxe o esplendor.


Senti-me então realizado,

E o meu coração apaziguado

Já não sentia tão amargo,

E sim honrado.


Pois para um peito desolado,

Que amou sem ser amado,

O amor é a própria cura

E sem é sem frescura.










Rafael Perea nº 21

Douglas nº 05

Caio nº 03



O VERDADEIRO DESEJO



Nas asas do desejo

Eu segui sem direção

Soltei a vida ao vento

Sem saber que era em vão

Tudo muda com o tempo

Se morre a cada estação

Nas asas do desejo

Segui sempre sem razão

Me vendendo por um beijo

Já sabendo ser em vão

Ninguém muda só com o tempo

Se morre a cada estação

Sem querer compactuar

Com aquela triste historia velha

Eu faço amor não quero guerra

Eu nunca quis prender ninguém

Das asas do desejo

Vi cair meu coração

Seus cacos foram vendo

Meu amor foi todo em vão

Eu nem vi passar o tempo

Morreu mais uma estação

Com aquela triste historia velha

Me faça amor, eu quero trégua

Eu nunca quis prender ninguém.



SENTIMENTO





Não importa a hora nem o lugar!

Onde você estiver eu estarei lá!

É só você prestar atenção.

O amor esta dentro do seu coração!!!

A chuva passa!

A coca acaba!

O jogo termina!

Mas o meu sentimento por ti!

Não passa, não acaba e nem termina!

Só aumenta, revigora e fortalece a cada dia!!!



























João Pedro Nº12

João Paulo Nº11

Gustavo Nº10

Geovanni Nº9



TÃO LEVE QUANTO O AR 


Tão leve quanto o ar 

Que me faz existir 

Dando forças para lutar

Dando forças para seguir 


Logo é dezembro 

até o ano tem fim 

Porque se foi mais cedo?

Escrevo assim não sofri, não conheci

Mais vi a velha lágrima...

Cair

 

Suportar, que nada vai fazer voltar 

De braços abertos respirar o ar 

Que me mantém em pé.


Livre agora está, me conforta em saber 

Onde procurar? Onde me manter? 


Suportar, que nada vai fazer voltar 

De braços abertos respirar o ar 

Que me mantém em pé

Prosseguir saber que vai sempre estar aqui.


Espero meu dia para poder partir.



Bruno Zandoval Nº34

Guilherme Pereira de Carvalho Nº40

João Pedro da Silva Lopes Nº42

Pedro Henrique dos Santos N

º46

Vinicius Augusto da Silva Nº48





TUAS ESCOLHAS



E já dizia o tempo;

Não se apresse, garota

Tudo que for pra ser seu

Será no tempo certo

Só preciso de você

Nunca deixe de acreditar

Que trabalharemos juntos

Um para o outro

Nós podemos ir além.

Faz as tuas escolhas mulher

E eu te darei as respostas que você quer.
















Bruno Serra Sinbaldi Badaró n°33

Gabriel Dias Pereira Lima n°38



UM BOM LUGAR



Que lugar ótimo é este aqui. Aqui vivo uma vida plena

Aqui não consigo ver nenhuma ilusão e frustração

Quando ando por essas ruas me sinto muito bem

Sem medo ou receio algum da vilania dos outros.



Esse lugar incrível não me traz tristeza e decepção

Só me traz inspiração e vontade de viver cada vez mais

O julgamento alheio não importa o que importa é seguir meu caminho

O que realmente importa é que este lugar me faz bem.



O por do sol deste lugar me traz esperança

Faz-me acreditar num amanhã melhor que hoje

Em que mais esse dia vivido valeu a pena

Faz-me caminhar e sonhar sem olhar para os problemas.



Os erros do passado serão esquecidos, novos dias virão.

Todo dia tenho a chance de mudar meu futuro

De fazer o hoje melhor que o ontem

De viver em paz, e trilhar meu caminho.









Pedro Henrique Santos Nº 46

3º PUBLICIDADE / INFORMÀTICA


Download this book for your ebook reader.
(Pages 1-16 show above.)